quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Friburgo, sudoeste alemão.

Vista parcial da parte moderna da cidade.
Este café-esplanada é como que uma garagem gigante para bicicletas, com tudo o que se relacione com ciclismo.
Igreja ortodoxa

Beleza verde


Friburgo - algumas imagens





Vista da cidade a partir da serra de Schönberg

Friburgo possui um dos mais bem conservados e maiores centros históricos da Europa.
A cidade é atravessada pelo rio Dreisam, aos pés do Schlossberg. É cercada pelas montanhas Rosskopf e Bromberg a leste, e ao sul e oeste pelas montanhas Schönberg, Tuniberg e o Kaiserstuhl.



Imagens do Rio Dreisam que atravessa Friburgo


Parque de estacionamento da Universidade de Friburgo

No meio do imenso parque de bicicletas da universidade estava esta maravilha.
Onde o nível de vida é 3 vezes superior ao nosso, onde fabricam Audis's, Mercedes, VW's e BMW's, o meio de transporte mais comum é este. Sei de um país onde todos se queixam da vida, das dívidas, dos encargos, dos seguros, dos juros, etc., onde o transporte mais comum são os veículos daquelas 4 marcas alemãs... E em época de grave crise social!
Educação, cultura e civismo seria aquilo que deveríamos importar da Alemanha.
Em vez de Audis...

Friburgo é mesmo uma cidade-jardim...
Podemos olhar para cima à vontade porque sabemos que não iremos pisar porcaria. Curiosamente há uma lenda que diz que quem, inadvertidamente, puser os pés num dos muitos riachos da cidade terá que voltar a Friburgo para casar com um habitante da cidade...
Um recanto típico
Numa cidade governada pelos "Verdes" não pode faltar asseio constante e muita verdura!

A beleza da arquitetura medieval está sempre presente
São Jorge
Porta sudoeste do centro histórico


terça-feira, 13 de setembro de 2011

Construir em vez de combater

Creio que uma das atitudes fundamentais do homem humano deve ser a de reconhecer em si, numa falta de compreensão ou numa falta de acção, a origem das deficiências que nota no ambiente em que vive; só começamos, na verdade, a melhorar quando deixamos de nos queixar dos outros para nos queixarmos de nós, quando nos resolvemos a fornecer nós mesmos ao mundo o que nos parece faltar-lhe; numa palavra, quando passamos de uma atitude de pessimista censura a uma atitude de criação optimista, optimista não quanto ao estado presente, mas quanto aos resultados futuros. O mesmo terá já dado um grande passo para impedir os ataques, quando aceitar que só puderam existir porque a sua acção não foi o que deveria ter sido; quando se lembrar ainda de que toda a sua coragem se não deve empregar a combater, mas a construir.



Agostinho da Silva, in 'Textos e Ensaios Filosóficos'

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Margem Sul do Reno


Feuerthalen é uma povoação suiça, na margem do Reno, num cantão que é um enclave em território alemão. Nestas margens há antigos bunkers da II Guerra Mundial fabricados pelos suiços e que serviam para vigiar o Reno. É muito frequente ver-se pontes de madeira, que exigem uma manutenção constante, protecção contra a humidade e envernizamento, mas que estão num estado impecável.

As portas das cidades (1)

Esta é uma das portas da cidade de Uberlingen. Em muitas cidades da Europa central conservam-se, e bem, os vestígios históricos e arquitectónicos mais importantes dessas cidades.
Em Lisboa lembro-me das portas de Benfica e do arco da Rua Augusta. As portas de Benfica estão escondidadas em destroços pelas linhas de comboio em Sete Rios. Em países como o nosso, onde a ganância do cimento novo-riquista impera e imperará é uma tristeza sentir-se o desrespeito pelo património. Nas cidades dos países mais ricos, os habitantes e seus representantes orgulham-se das imponentes construções medievais. Repare-se na torre do topo, parece que está partida e que o seu telhado só está assente numa pequena secção do cilindro. Também havia desvarios artísticos na Idade Média.
Podem reconstruir as cidades mas respeitem, pelo menos, as suas velhas portas. É gratificante para todos.

Que pena...

...não haver muitos locais no mundo como este,
...não haver nas muralhas do Ginjal, em Cacilhas, uns banquinhos como este convidativo assento - também um dos locais que disfruta de uma grande paisagem!
...que pena estar de passagem e não poder ter usufruido de uns relaxantes momentos de prazer para os olhos...
...que pena ser tão longe, na margem do lago Constança, em Uberlingen!

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Sobre a terra...

"Sobre a terra, antes da escrita e da imprensa, existiu a poesia"
Pablo Neruda

domingo, 17 de julho de 2011

São Torpes

Assim é que deviam funcionar os programas como 'Querido Mudei a Casa'. Era mesmo mudar - um sujeito regressava a casa e estava lá só o sítio, no meio dos blocos de cimento e das estradas barulhentas, só o buraco da casa retirada. Então descobria que a casa tinha sido transferida para uma pequena colina sobre o mar, num lugar de sonho como este...

segunda-feira, 13 de junho de 2011